Início arrow Noticias
Bem Vind@s!
Início
Noticias
Agenda
Opinião
Documentos
Eleições
Ligações
Sugestões e Denúncias
adere.jpg
 
tv_esquerda
 
 







vilareal@bloco.org
Marcelo Rodrigues é o candidato do Bloco em Chaves Imprimir e-mail
18-Jul-2017

A primeira candidatura bloquista ao município flaviense foi apresentada este domingo. Lúcia Pereira da Cunha, candidata independente, encabeça a lista à Assembleia Municipal.

 

 

 É a primeira vez que o Bloco de Esquerda se apresenta a sufrágio no concelho de Chaves em eleições autárquicas, com uma candidatura encabeçada por Marcelo Rodrigues, de 26 anos, economista com pós-graduação em Economia social. O lançamento teve lugar no domingo, com a presença da deputada Isabel Pires e a inauguração da sede de candidatura.

Na sua intervenção, Marcelo Rodrigues prometeu lutar para que haja de uma vez por todas oportunidades para os jovens se fixarem no concelho. “Hoje, as condições de vida no concelho de Chaves não satisfazem os seus habitantes. Foram tomadas decisões políticas erradas que não conseguimos entender”, afirmou o candidato do Bloco, referindo-se às “obras cuja utilidade e justificação são duvidosas e obras inacabadas que têm prejuízos a longo prazo”.

Marcelo Rodrigues deu alguns exemplos destas obras públicas: o Museu das Termas, que não está aberto ao público nem se sabe como será dinamizado, “tem problemas estruturais de construção” que eram previsíveis; a intervenção na Praça General Silveira, vulgo Jardim das Feiras, é outro exemplo de obra que “descarateriza o local, não conta a história e a memória, não é confortável para o cidadão”; ou o Balneário Termal em Vidago, “onde foi feito investimento e hoje não funciona por falta de abastecimento de água”.

Ler mais...
 
Mário Gonçalves é o candidato do Bloco à Câmara de Vila Real Imprimir e-mail
18-Jul-2017

A candidatura pretende acabar com as barreiras para as pessoas com deficiência em Vila Real e conta com 80% de candidatos independentes. Catarina Peniche é a candidata à Assembleia Municipal.

 

 Sob o lema “Cidadania sem barreiras”, sejam elas “físicas, psicológicas ou até de preconceito em relação à deficiência”, o candidato do Bloco à Câmara, tetraplégico devido a um acidente de mergulho em 1991, quer ver a cidade onde nasceu e vive dotada de acessibilidades para todos e todas.

“Eu posso testemunhar que ainda é uma cidade muito difícil, em um quarto de século pouco mudou nesta matéria”, afirmou Mário Gonçalves, que vive pessoalmente a falta de acessibilidade aos edifícios públicos como o tribunal ou registo civil.

Psicólogo de formação, Mário Gonçalves referiu que se identificou com o Bloco de Esquerda porque o partido “pegou na bandeira das acessibilidades”. Deu o exemplo da sede do Bloco de  Esquerda em Vila Real, que é acessível a todos e todas, mostrando que o projeto eleitoral que quer liderar pretende “abertura total à sociedade civil”.

Outros dos principais eixos da candidatura do Bloco à autarquia de Vila Real são a criação de um plano municipal de inclusão, um melhor urbanismo para a cidade, a ampliação do Parque Corgo, zona verde da cidade, um plano de requalificação da Avenida Carvalho Araújo, o reforço do orçamento para a cultura e valorização do património e a criação de um museu dedicado às corridas automóveis na antiga panificadora projetada por Nadir Afonso e que está, atualmente, ao abandono.

Mário Gonçalves disse ainda que a candidatura do Bloco de Esquerda em Vila Real foi “alicerçada na sociedade civil e com o contributo efetivo de cidadãos e cidadãs independentes”, que são cerca de 80% da lista apresentada pelo Bloco.

A candidatura à autarquia de Vila Real conta ainda com a ativista feminista Catarina Peniche,  candidata à Assembleia Municipal. Catarina Peniche esteve na organização da primeira marcha das mulheres e pelos direitos LGBT, no concelho.

Ler mais...
 
Jorge Carvalho é o candidato do Bloco à Câmara de Alijó Imprimir e-mail
27-Mar-2017
O Bloco de Esquerda apresenta uma primeira candidatura a órgãos autárquicos de Alijó.

Jorge Carvalho, de 45 anos, foi indicado por unanimidade no plenário de aderentes do Bloco de Esquerda de Vila Real como candidato à Presidência da Câmara Municipal de Alijó. 
Jorge Carvalho é natural e residente em Alijó. Licenciado em Administração Pública, Regional e Local e Profissional Funções não são Serviços de Finanças de Alijó. 
Jorge Carvalho tem um livro de poesia publicado tendo disponibilizado um receita para o IPO do Porto na ajuda contra o Cancro em crianças e jovens. Actualmente é treinador de futebol dos Juniores de Sanfins do Douro.
Centraliza uma candidatura liderada por uma nova forma de fazer política, convidando as pessoas do Concelho a abraçar este projecto e participarem juntos na mudança por um futuro melhor. As pessoas como terras são como suas bandeiras. 
Promete levar o Bloco a todo o Concelho de Alijó, juntamente com as pessoas, casa a casa, olhos nos olhos, para ouvir, ver e saber das necessidades de forma a marcar uma diferença na positiva, apresentando-se como uma alternativa credível para combater Despesismo deixado pelo PS e inversor como políticas da austeridade implementadas pelo PSD. 
Defende um Concelho com vida!
 
 
 
 
DEFICIÊNCIA | QUE MODELO DE VIDA INDEPENDENTE? | Audição Pública* Imprimir e-mail
20-Mar-2017

DEFICIÊNCIA | QUE MODELO DE VIDA INDEPENDENTE? | Audição Pública*

 

Vila Real | Hotel Miracorgo - Sala Pavunense (Av. 1.º de Maio, 76-78) | 24 março | 21h

Com Jorge Falcato (Deputado), Márcio Martins (Eng. de Reabilitação, SUPERA) e Rui Cortes (Dirigente – Bloco de Esquerda).

 

VAMOS LÁ DISCUTIR O QUE QUEREMOS PARA AS NOSSAS VIDAS

Já passaram mais de 3 anos desde que Eduardo Jorge iniciou uma greve de fome pela Vida Independente, em frente à Assembleia da República. Desde então, a comunidade das pessoas com deficiência tem reiterado a exigência desse direito tão simples que é poder decidir como, onde e com quem viver, isto é, a possibilidade de serem donos das suas vidas.

Foi por proposta do Bloco que, em 2016, a realização de projetos-piloto de Vida Independente foi inscrita no Orçamento do Estado, o que criou uma enorme expectativa nas famílias e nas pessoas com deficiência que há muito aguardam ver concretizada a oportunidade de poder contratar assistência pessoal, através de um programa apoiado e abrangente. Porém, tal programa só será eficaz enquanto acesso à Vida Independente, se forem consideradas todas as necessidades das pessoas que o venham a integrar e se estas puderem, então, experienciar na sua vida, e em todas as decisões que a determinam, autonomia, inclusão e dignidade.

Agora que se encontra em discussão pública a proposta governamental de um Modelo de Apoio à Vida Independente, que prevê projetos-piloto para o período 2017-2020, é altura de discutirmos em conjunto como deverá ser esse modelo e como será posto em prática em Portugal. Para a qualidade e êxito desta política, é necessário o envolvimento de quem sente na pele a necessidade de assistência. Neste sentido, não nos parece aceitável que uma discussão pública possa ser promovida plenamente através de um simples endereço de email para envio de sugestões, tal como o disponibilizado pela tutela no site do Instituto Nacional para a Reabilitação, permitindo-se apenas um contraditório diálogo unilateral.

De modo a permitir um debate participado, bem como a partilha de opiniões e visões alternativas, o Bloco de Esquerda promoverá várias audições públicas, em diversas regiões do país, que contarão com a presença do deputado Jorge Falcato, investigadores, activistas pela Vida Independente e representantes de organizações.

>>> Além das sessões presenciais, lançámos também um inquérito para auscultação de todas as pessoas e organizações, em relação às medidas concretas previstas no Modelo de Vida Independente proposto pelo atual Governo. Para aceder ao inquérito, que demora cerca de 10min a preencher, é só clicar aqui: https://pt.surveymonkey.com/r/Vida_Independente

A Vida Independente responde a direitos fundamentais. Queremos contribuir para que o seu modelo seja concebido, e posto em prática, incluindo as pessoas com deficiência, as suas famílias e todos os que se preocupam com a justiça social. NADA SOBRE NÓS SEM NÓS.  

*Caso necessite de Interpretação de Língua Gestual Portuguesa, por favor, confirme presença até 21 março. | Email: Este endereço de e-mail está protegido contra spam bots, pelo que o JavaScript terá de estar activado para que possa visualizar o endereço de e-mail  ou Telefone: 213 917 592

Link do evento 

 
VIII Encontro Nacional do Trabalho do Bloco Imprimir e-mail
14-Mar-2017
documento
Está publicado o documento base do debate no VIII Encontro Nacional do Trabalho do Bloco, que se realiza no dia 1 de abril a partir das 10h30 na Escola Pedro Nunes, em Lisboa. Participa neste encontro e inscreve-te  Este endereço de e-mail está protegido contra spam bots, pelo que o JavaScript terá de estar activado para que possa visualizar o endereço de e-mail  . O Bloco organiza transporte a partir de várias regiões do país.  Ler documento "Destroikar as relações laborais".
 
Folheto do Bloco sobre precariedade Imprimir e-mail
14-Mar-2017
capa folheto

 O combate ao trabalho precário no Estado e no privado é o tema central do folheto que o Bloco distribui em fevereiro e março por todo o país. Outros temas em destaque: nas leis laborais, a exigência de justiça para quem trabalha; e o ponto de situação do acordo para parar o empobrecimento, por Catarina Martins. Ler folheto.

 
<< Início < Anterior | 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 | Seguinte > Final >>

Resultados 1 - 6 de 165
14449778_1017459351699565_1908966147365647017_n.jpg
O que quer o Bloco?
oet2.jpg
Jornal Orçamento

capajornalnov16.jpg

Legislativas 2015
Vota Bloco de Esquerda
Revista Vírus
Revista Vírus
© 2017 Site Distrital de Vila Real - Bloco de Esquerda
Joomla! is Free Software released under the GNU/GPL License.