Início arrow Opinião arrow Edison inventou a lâmpada, a CM de Vila Real ainda não "descobriu a polvora"
Bem Vind@s!
Início
Noticias
Agenda
Opinião
Documentos
Eleições
Ligações
Sugestões e Denúncias
adere.jpg
 
tv_esquerda
 
 







Edison inventou a lâmpada, a CM de Vila Real ainda não "descobriu a polvora" Imprimir e-mail
09-Mai-2011

joel_rocha.jpgUma lâmpada pode passar despercebida ao olhar mais astuto, no entanto, numa época em que se fala de contenção orçamental redução do despesismo e falta de verbas para tantas outras coisas, é para mim muito intrigante como é que as pessoas que gerem o orçamento da Câmara Municipal de Vila Real ainda não descobriram que as lâmpadas que usam no Salão Nobre da Câmara Municipal gastam quase 4 a 6 vezes mais do que uma lâmpada fluorescente.

No passado dia 29 de Abril desloquei-me ao Salão Nobre da Câmara Municipal para assistir à Assembleia Municipal e descobri que esta possui 30 lâmpadas de filamento com uma potência entre 40 a 60W, perfazendo um total de 1200-1800W por hora. Isto significa, que em cada Assembleia Municipal, que dura em média 4 horas, é gasto um total de 4800-7200W. Ao preço da Tarifa de Iluminação Pública da EDP de 0.1027Eur/kWh, isso significa um custo total de cerca de 50-74 centimos por cada sessão da Assembleia Municipal.

Bom, 50-74 centimos por sessão parece pouco, mas se pensarmos que podiamos estar a gastar apenas 20-25% deste valor, obtendo uma redução efectiva de custos na ordem dos 75%, então a utilização de lâmpadas fluorescentes faz todo o sentido.

A um preço de cerca de 5euros por lâmpada, 150euros é um investimento que se paga por si próprio ao fim de 1200horas (50 dias ininterruptos) de utilização do Salão Nobre da Câmara Municipal. Acredito que ao fim de 1 ano a Câmara Municipal iria reaver o seu investimento e conseguir poupar dinheiro para continuar o seu investimento em lâmpadas económicas.

E é esta filosofia de investimentos sustentáveis que me preocupa porque sinto que não existe em Portugal. Não é preciso pensar muito nem re-inventar a roda para nos apercebermos que há espaço para reduzir custos e poupar nas contas públicas de Portugal.

Este exemplo pode parecer uma gota no oceano, mas multiplicado por muitas outras Câmaras Municipais em todo o país acaba por ser um valor significativo que podia muito bem estar a ser canalisado para outras coisas no nosso país.

 
< Artigo anterior   Artigo seguinte >
14449778_1017459351699565_1908966147365647017_n.jpg
O que quer o Bloco?
oet2.jpg

capajornalnov16.jpg

Legislativas 2015
Vota Bloco de Esquerda
Revista Vírus
© 2022 Site Distrital de Vila Real - Bloco de Esquerda
Joomla! is Free Software released under the GNU/GPL License.