Início arrow Eleições arrow Programa eleitoral do Bloco publicado em livro
Bem Vind@s!
Início
Noticias
Agenda
Opinião
Documentos
Eleições
Ligações
Sugestões e Denúncias
adere.jpg
 
tv_esquerda
 
 







Programa eleitoral do Bloco publicado em livro Imprimir e-mail
06-Ago-2009
Programa eleitoral do Bloco publicado em livroO Bloco de Esquerda é o primeiro partido a publicar em livro o seu programa eleitoral. "O que quer o Bloco? - 51 ideias para mudar Portugal" é o título do livro, já disponível nas livrarias Bertrand. O lançamento foi esta quarta-feira no Chiado, e contou com as intervenções de Rui Tavares e Francisco Louçã. Vê as fotos do lançamento.

O programa do Bloco foi elaborado tendo em conta muitas sugestões e contributos enviados pelos muitos cidadãos que quiseram participar através da Internet. A versão final já está disponível aqui há mais de um mês e já conta com largas dezenas de milhares de downloads. A novidade é que, pela primeira vez em Portugal, o programa pode agora ser também adquirido nas livrarias, "para os amantes do livro, que não desprezam esse objecto de cultura e que gostam de folhear com prazer", sublinhou Francisco Louçã, durante a apresentação na livraria Bertrand do Chiado, em Lisboa.


Antes de Louçã, Rui Tavares - historiador, colunista e deputado europeu pelo Bloco de Esquerda - saudou a iniciativa do Bloco, e frisou que o programa do Bloco representa uma alternativa política no modo de enfrentar a crise económica, ao contrário dos "interesses de uma elite preguiçosa e inútil e que é responsável pelo atraso e a desigualdade".

Para o historiador, o problema do país não é cultural, nem administrativo, nem de gestão, nem tecnológico, mas sim político, resumindo-se a uma pergunta fundamental: "Deve o Estado ou o Governo ser bábá dos poderosos ou estar ao lado das pessoas comuns?". E concluiu: "O Bloco é a força da mudança e deve ser um projecto grande e aberto, tolerante e congregador de ideias, ou seja, deve cumprir o papel histórico da esquerda e ser uma coligação das pessoas comuns contra o poder das elites".

Louçã critica "programa secreto" do PS

Francisco Louçã, que prefaceia o livro, lembrou que até agora ao programa do Bloco apenas se opõe o do "Partido do Governo", dado que mais nenhum partido apresentou as suas ideias, naquilo que classificou de "buraco negro do debate eleitoral".

Sublinhou que o programa do Bloco é feito em nome de uma maioria, com respostas políticas que devem governar o país contra a minoria desastrosa que tem estado à frente das decisões e contra o poder financeiro que lucra milhões por dia em tempo de crise. Em contraponto, o "programa do PS protege os grandes interesses". E aqui Louçã desferiu a principal crítica: "Um dos problemas do programa do PS é que tem uma parte que é secreta, ou seja, que não está no programa mas está nas decisões, principalmente quanto à forma como o Estado é gerido" E exemplificou: "O governo entregou a grupos privados - Mello e Espírito Santo - a gestão de três hospitais públicos até 2040, confirmando a sua política de protecção dos grandes grupos monopolistas".

A Segurança Social é outra das áreas onde se vinca a diferença entre o Bloco e o PS. "O PS defende a actual reforma da Segurança Social, ou seja, o aumento da idade da aposentação e a redução substancial das pensões. Ao contrário, nós defendemos a solidariedade inter-geracional para reformas dignas". Louçã voltou a destacar a proposta do Bloco de reforma sem penalização ao fim de 40 anos de descontos e explicou como se financia um sistema de segurança social ao serviço das pessoas. "Estas propostas têm custos. Por isso defendemos um imposto adicional de 2% sobre as grandes fortunas, que só por si daria para aumentar em 50 euros as pensões baixas de 150 mil pessoas".
 
< Artigo anterior
14449778_1017459351699565_1908966147365647017_n.jpg
O que quer o Bloco?
oet2.jpg

capajornalnov16.jpg

Legislativas 2015
Vota Bloco de Esquerda
Revista Vírus
© 2022 Site Distrital de Vila Real - Bloco de Esquerda
Joomla! is Free Software released under the GNU/GPL License.