Início
Bem Vind@s!
Início
Noticias
Agenda
Opinião
Documentos
Eleições
Ligações
Sugestões e Denúncias
adere.jpg
 
tv_esquerda
 
 







vilareal@bloco.org
Casa do Douro: Bloco apresenta proposta de resolução para saneamento financeiro
22-Dez-2010

Será a primeira iniciativa na actual legislatura sobre o organismo que vive “asfixiado” com uma dívida superior a cem milhões de euros e onde os cerca de 60 funcionários do quadro privado já não recebem salários há 11 meses.

O Bloco apresentou esta segunda-feira, na Assembleia da República, um projecto de resolução que recomenda ao Governo que assuma as suas responsabilidades no saneamento financeiro da Casa do Douro (CD) e o pagamento dos salários em atraso.

Contudo, o deputado Pedro Soares foi este sábado à sede da CD, no Peso da Régua, apresentar o projecto de resolução que quer relançar o debate sobre a instituição representativa da vitivinicultura duriense. Esta é, segundo o responsável, a primeira iniciativa na actual legislatura sobre o organismo que vive “asfixiado” com uma dívida superior a cem milhões de euros e onde os cerca de 60 funcionários do quadro privado já não recebem salários há 11 meses.

Ler mais...
 
Estado perde todos os anos dezenas de milhões de euros na compra de software
07-Dez-2010

ms_os.jpgO Estado tem perdido todos os anos dezenas de milhões de euros com a utilização de software de proprietário (de uma só empresa) e não open source (normas abertas), uma situação que vai ser discutida na quinta-feira no Parlamento.

A denúncia parte da Associação de Empresas de Software Open Source Portuguesas (ESOP), que explicou à agência Lusa que em Portugal não há regulamentação sobre o uso das normas abertas e que, a partir do momento em que o Estado usa software de proprietário, isso traz prejuízos para os cofres estatais.

As normas abertas são “definições de formatos de ficheiros e protocolos de comunicação que permitem interligar sistemas de diferentes origens, marcas ou fornecedores”, lê-se num comunicado da ESOP.

Ler mais...
 
Novas concessões nas renováveis penalizam consumidores domésticos
06-Dez-2010

As contrapartidas financeiras que o Estado cobrou às energias renováveis à cabeça, nos últimos dois anos, para financiar despesa pública, permitiam reduzir em 55 por cento o défice tarifário que sobrecarrega especialmente os consumidores domésticos.

Se isso tivesse acontecido, os consumidores receberiam uma notícia a que já não estão habituados: veriam a sua factura actual de energia descer entre quatro e 18 por cento.

Ler mais...
 
Comissão Europeia quer facilitar despedimentos
01-Dez-2010

CE acompanha posição do FMI e propõe facilitar os despedimentos, diminuir indemnizações, reduzir a protecção dos desempregados. Governo português não esclarece se o Código do Trabalho sofre alterações, mas está disponível para adoptar recomendações da CE e FMI.

Amadeu Altafaj Tardio, porta-voz do Comissário Europeu dos Assuntos Económicos, Olli Rehn, esclarece que as medidas recomendadas pela Comissão Europeia (CE) “estão relacionadas com a necessidade de aumentar a flexibilidade do mercado de trabalho e evitar a dualidade entre trabalhadores permanentes, que têm excessiva protecção, e contratados a prazo, que não têm protecção: isto inclui a revisão da definição de despedimento por justa causa e a redução substancial dos custos de despedimento, que são muito altos”.

Ler mais...
 
Trabalhadores da Casa do Douro vão continuar à espera graças a PS, PSD e CDS-PP
27-Nov-2010

casa_do_douro.jpgO Bloco apresentou no âmbito do OE 2011 uma proposta de aditamento que prevê uma transferência de 1, 5 milhões de euros para a Casa do Douro, via IVDP, exclusivamente direccionada para a regularização dos salários em atraso (há mais de 9 meses) dos funcionários da Casa do Douro. A proposta foi chumbada pelo PS, PSD e CDS-PP, PCP e Verdes votaram a favor.

Esta transferência não aumenta a previsão de despesa pública já que consiste num adiantamento das verbas já previstas pelo Ministério da Agricultura no Plano de Resolução da Dívida da Casa do Douro ao Estado.

Para aceder à proposta do Bloco clicar aqui.

 
A maior de sempre
24-Nov-2010

Ainda sem fazer um balanço exaustivo, os dirigentes das duas centrais sindicais afirmam que esta já é a maior greve geral da história do país.

Para Carvalho da Silva, a greve tem um grande impacto no sector público e privado, com uma grande transversalidade na adesão nos vários sectores e nas diferentes camadas profissionais e sociais. Ele destacou a grande adesão na justiça e na educação.

João Proença sublinha que esta é maior greve de sempre. Regista a forte mobilização no sector público, o sector mais afectado pelas medidas previstas no Orçamento de Estado, mas também a forte adesão no sector privado.

Ler mais...
 
<< Início < Anterior | 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 | Seguinte > Final >>

Resultados 145 - 153 de 259
14449778_1017459351699565_1908966147365647017_n.jpg
O que quer o Bloco?
oet2.jpg
Jornal Orçamento

capajornalnov16.jpg

Legislativas 2015
Vota Bloco de Esquerda
Revista Vírus
Revista Vírus
© 2021 Site Distrital de Vila Real - Bloco de Esquerda
Joomla! is Free Software released under the GNU/GPL License.