Início
Bem Vind@s!
Início
Noticias
Agenda
Opinião
Documentos
Eleições
Ligações
Sugestões e Denúncias
adere.jpg
 
tv_esquerda
 
 







vilareal@bloco.org
Praxes violentas em Chaves
26-Fev-2010
Praxes violentas em ChavesAlunos do primeiro ano do pólo de Chaves da Universidade de Trás-os Montes e Alto Douro (UTAD), queixam-se de séries intermináveis de praxes violentas.

O jornal Correio da Manhã desta Sexta-feira noticia que um grupo de alunos se queixa das praxes.

"Primeiro foi a semana de recepção ao caloiro, depois veio o julgamento e o baptismo, momento a partir do qual as praxes deixaram de ser todos os dias e passaram a ser apenas à quarta-feira. Houve mais uma semana de praxe antes do semestre acabar e agora decorre [termina hoje] a semana do regresso", dizem os queixosos.

E acrescentam: "Tivemos os exageros do julgamento, em que os caloiros eram colocados num local com pedaços de carne crua e ossos e, depois, completamente banhados com molhos gordurosos. Agora é essa violência de nos obrigarem a andar de bar em bar até às quatro, cinco e seis da manhã".

Segundo os alunos, estas praxes verificam-se em Chaves e não em Vila Real, "provavelmente porque lá o controlo das praxes é mais apertado".

O reitor da UTAD, Mascarenhas Ferreira, defende que as praxes sejam "dignas, elevadas e imaginativas" e disse ao jornal que não tem conhecimento de violência, mas vai mandar investigar.

 
Faz 23 anos da partida de Zeca Afonso
23-Fev-2010
zeca_afonso.jpg

Foi em 23 de Fevereiro de 1987 que Zeca  Afonso nos deixou demasiado cedo. Recordamo-lo hoje aqui com uma das suas muitas letras que nos deixou:

 

Em terras de Trás-os-Montes
Entre Coelhoso e Parada
Uma história verdadeira
Foi ali mesmo contada

Algemado por dois pides
Na manha de vinte e três
La vai Manuel Augusto
Sem mesmo saber porquê

Com ele vai Marcolino
Bufo dos Dominadores
Ide às minas da Ribeira
Vereis quem são os Senhores

Nesse lugar de trabalho
Nos confins da exploracão
Diz o Marcolino aos pides
Apertem-me esse cabrão

Não contente com a prova
Do zelo que assim mostra
Àquele rapaz honrado
Esta fala então lhe dava:

Sabemos da tua vida
Amanhã por esta hora
Irás para o forte de Elvas
Diz adeus à vida boa

Também o José António
Foi na mesma interrogado
Assassino Marcolino
Foste o primeiro culpado

Entre Parada e Coelhoso
Ainda reina a opressão
Não deixem fugir o melro
Não quebrem vossa união

 
PIDDAC 2010, a marca do interioricídio
15-Fev-2010

1_cent.jpgO Distrito de Vila Real no âmbito do PIDDAC (Programa de Investimentos e Despesas de Desenvolvimento da Administração Central) irá receber este ano 7.192.184€, o que representa uma redução de 90% comparativamente às verbas do PIDDAC do ano passado de 71.928.236€, e não esquecemos que foi ano eleitoral.

De recordar que o PIDDAC é descrito através do mapa XV do Orçamento do Estado (OE), que detalha de forma regionalizada os respectivos programas e medidas orçamentais, o PIDDAC é  assim fundamental para o equilíbrio e justiça orçamental entre as regiões do nosso país.

Este é o resultado do OE do PS, viabilizado pelo PSD e CDS/PP. O Bloco de Esquerda Distrital de Vila Real manifesta o seu completo repúdio por estas políticas, e acusa o PS, PSD e CDS/PP pelas consequências. Este OE insiste nas políticas de direita porque no lugar de captar receitas onde elas são substanciais, vai tirar a quem menos tem e onde mais falta faz, porque se há crise, ela devia ser para todos e até mais suave para os que menos têm, assim se verificaria num verdadeiro OE de esquerda. No primeiro mandato, Sócrates traiu o interior, agora mata o interior.

Ler mais...
 
Roteiro pela justiça climática com sessão pública em Vila Real
09-Fev-2010
Roteiro pela justiça climática com sessão pública em Vila RealEm sessões públicas pelo país, o Bloco debate as razões do fracasso de Copenhaga e os caminhos do activismo que marcou a cimeira do lado de fora. Em Vila Real a sessão pública contará com a presença da eurodeputada Marisa Matias e com Irina Castro (participante na contra-Cimeira de Copenhaga) será dia 21 de Fevereiro, domingo, às 17h no auditório do Parque Natural do Alvão (atrás da Câmara Municipal).

O Bloco de Esquerda realiza nas próximas semanas várias sessões públicas com o título "Porque falhou Copenhaga? Depois da cimeira, lutas pela justiça climática". Estes debates contarão com Rita Calvário, deputada do Bloco, Marisa Matias, eurodeputada do Bloco, e ainda activistas que participaram na contra-cimeira em Copenhaga. Estas sessões terão início no dia 13 de Fevereiro no Barreiro, seguido pelo Funchal, Braga, Bragança, Castelo Branco, Portalegre, Vila Real, Estremoz, Coimbra e Aveiro (ver datas e locais na agenda do esquerda.net)

Ler mais...
 
Roteiro sobre Cultura com sessão pública em Vila Real
03-Fev-2010

Roteiro sobre Cultura com sessão pública em Vila RealUma nova política cultural precisa-se! 

Nos últimos 10 anos Portugal assistiu a alterações profundas na dinâmica cultural do país, que não foram, no entanto, acompanhadas do necessário investimento financeiro, nem de corpo legislativo que assegurasse o serviço público que se exige nesta área. 

O Bloco de Esquerda assumiu como eixos prioritários na política cultural o acesso das populações à fruição de bens culturais e a meios de produção artística e cultural, a salvaguarda do património cultural material e imaterial, e os direitos laborais dos profissionais do sector cultural. 

Ler mais...
 
Chaves perde antigo cineteatro para empresas privadas
01-Fev-2010
cineteatro de chaves
Um grupo de cidadãos de Chaves contesta o plano, aprovado pela autarquia, de reconversão do cineteatro da cidade num complexo multiusos. O presidente da Câmara de Chaves, João Baptista, que em 2001 defendia a "devolução" aos flavienses do cineteatro encerrado há 20 anos, afirma agora que a reconversão vai mesmo avançar.
Ler mais...
 
<< Início < Anterior | 21 22 23 24 25 26 27 28 29 | Seguinte > Final >>

Resultados 208 - 216 de 260
© 2022 Site Distrital de Vila Real - Bloco de Esquerda
Joomla! is Free Software released under the GNU/GPL License.